12/07/2016

"Harry Potter e a Pedra Filosofal" - JK Rowling

Olá esquilinhos!!

     H
oje o post é sobre o nosso querido Harry Potter  ϟ. O significado que uma cicatriz trás na vida..






  Tu-sabes-quem desapareceu? Para sempre? Não.. isso é impossível, mas que ele sumiu é verdade. E tudo por causa do pequeno Potter. Apesar de ele ter a possibilidade de crescer no seu mundo e no mesmo se tornar famoso, Alvo-Dumbledore não o pode permitir. Harry já só tinha uma família, trouxas, mas era o que lhe restava.
  Com certeza houve tristeza por parte de Hagrid e um sentimento de injustiça brotou de McGonnagal. Como que um bruxo daquela idade e com aquele poder poderia ser deixado com trouxas?! Ah, quase me esquecia de contar o porquê de Harry ser deixado com os trouxas ahahah!
  Bem, Voldemort era o bruxo mais temido naquela época, e todos que se recusavam a juntar a ele sofriam as consequências. Mas, a família Potter, que foi enfrentada diretamente por Voldemort, não cedeu e opôs-se ao lado do mal. Assim sendo teve que sofrer com o fruto do poder do bruxo mais temido. James e Lily Potter imediatamente foram eliminados, mas quando chegou a vez do bebê, algo correu mal. É como diz aquele provérbio de "o feitiço virou-se contra o feiticeiro", fazendo com que Voldemort desaparece-se do mapa deixando só a sua história e uma pequena cicatriz de um raio na testa de Harry.
  Anos depois, perto do seu décimo primeiro aniversário, Harry havia recebido uma carta. Parece normal certo? Não era, especialmente para o menino. Os Dursley's de jeito nenhum o deixavam ler as cartas.. isto porque todos os dias mais cartas chegavam (o dobro do dia anterior). O tio Válter já a dar em doido decidiu de última hora fazerem uma viagem e desaparecerem daquele inferno. 
  Harry raramente ouvia falar de seus pais, e quando isso acontecia era muito rápido e sem muitos detalhes. Ele só sabia o nome deles e que haviam falecido num acidente de carro, nada mais. Na cabeça de Potter ele desejava muito ter conhecido direito os pais e conseguir fugir aos tios e ao Duda. Ah, o Duda, a sua maior dor de cabeça com certeza era o seu primo. Já se havia acostumado de dormir sob as escadas e de ser tratado como um criado, mas aturar com o primo era a sua missão impossível. 
  Já longe de casa e num casebre a cair aos bocados, este esperou até à meia noite, para completar 11 anos. Nesse mesmo instante foi ouvido um estrondo fora da casa que acordou o resto da família e que os deixou a morrer de medo. E foi quando a porta desabou que a ficha caiu. Um homem gigante adentrou a casa e teve uma grande conversa com Harry, que não fazia ideia da existência da sua "raça", e teve uns picos de raiva com os Dursley.
 Após esse encontro e toda a nova informação recebida Harry e Hagrid (o homem gigante) foram até Londres para fazerem as compras para a sua nova escola. Todas as cartas recebidas em nome de Potter, eram de Hogwards a melhor escola de bruxos de sempre. Surpresa foi saber que o menino Potter era um bruxo e que já estava matriculado desde o dia em que nasceu. Quando chegaram ao beco diagonal (local com lojas para bruxos), Harry lembrou se que não tinha dinheiro para comprar o que quer que seja. E mais uma vez Hagrid lhe deu uma novidade, Gringots, um banco de bruxos tinha tudo o que precisava. Os seus pais haviam deixado uma boa quantia de dinheiro a Harry.
  Já no seu cofre retiraram o que necessitava e passaram para outro cofre que era para Hagrid consultar, só havia um pequeno embrulho, que foi pego e arrumado no enorme casaco do gigante.
Dias depois, na altura do embarque Harry viu-se aflito para encontrar a sua plataforma do comboio, mas com uma ajuda da família Weasley logo entrou no comboio e dirigiu-se a Hogwards. Quase no instante em que Potter pisou nas terras em volta do castelo/escola ficou maravilhado, contudo facilmente arranjou um inimigo... Draco Malfoy. Todos os novos alunos ficaram estupefactos com o interior da escola, e logo se dirigiram para a sala comunal para a seleção das casas. Por coincidência ou mera sorte Potter ficou na Grifinória, junto aos dois amigos que fizera durante a viagem, Ron Weasley e Hermione Granger,
  Durante a estadia de Harry no 1º ano da escola de Hogwards aconteceram muitas coisas, quase que era expulso uma centena de vezes, mas o mais importante a sua maior descoberta, o espelho de Ojesed. Este mero espelho, um mero detalhe na história da nova vida de Harry Potter, tornou-se um ponto essencial para real objetivo do livro. E Voldemort? Será que retornou?

PS. Só o livro te dará as respostas



  Antes eu nem cogitava a ideia de ler Harry Potter, porque sempre imaginei que seria aquele tipo de histórias clichês cujo enredo é sempre o mesmo, mas não. Surpreendi-me em todos os aspetos, definitivamente não tem o mesmo conteúdo que os demais contos, para não falar que é viciante. Apenas em 3 dias (talvez até 2 e meio) terminei o primeiro livro e é certo que já parti para os próximos.
Até a próxima resenha e os próximos HP's.


"A verdade é uma coisa bela e terrível, e por isso deve ser tratada com grande cautela"




19/06/2016

{Conciliar a leitura com a escola} - Bruninha

  Olá leitores esquilinhos tudo bem? Como concilio a leitura e a escola? Aí têm a resposta

  Ora bem nem sempre é facil concilia-las mas sempre que possível eu faço-o.
Nao é fácil concilia-las por causa dos testes trabalhos etc, e então por isso a leitura fica para 2° ou 3° plano. Quando começo a ler, ui... só paro quando tenho que ser obrigada ou então por causa da escola.
Ler? Adoro ler durante a escola porque assim consigo encontrar paz e relaxar. Principalmente em semanas de muitos testes ando muito stressada
Nunca! Mas mesmo nunca prejudiquei as minhas notas por causa da leitura.
Para quem le e ainda estuda percebe bem que nem sempre é fácil conciliar pois ambas requerem tempo e para haver tempo para uma, a outra é prejudicada, porém nem que seja meia horinha antes de dormir dá perfeitamente para ler um pouco.
  Mas sabem por mais que um estudante goste de ler e consiga juntar escola e leitura, há momentos em que não dá "vontade" de ler. Neste momento eu estou nessa fase. Não tenho tido entusiasmo para ler, é temporário!
  Conheço pessoas que preferem ler durante as férias, pois durante a escola têm tanto entusiamo porém eu não me insiro nesse grupo, mas sim no grupo que prefere ler durante a escola.
  Contudo, o meu método é simplesmente estudar durante o dia, e a noite quando já estou na cama ler. Também, por vezes leio no intervalo na escola mas já não o faço com tanta regularidade.

  E por hoje é tudo, deixem nos comentários os vossos métodos para conciliar a leitura com a escola/ o trabalho.
Beijinhos,









12/06/2016

"Divergente" - Veronica Roth

Olá esquilinhos!!

     Hoje o post é sobre o livro "Divergente", muitos é certo que conhecem principalmente pela saga de filmes (Divergente; Insurgente; Convergente).





  Beatrice Prior, completa 16 anos e perante uma sociedade constituída por 5 facções ele é destinada a escolher uma dela para viver o resto da sua vida. Estas facções são a Abnegação, os Cândidos, a Erudição, os Cordiais e os Intrépidos, todas têm as suas caraterísticas e funções.
  Um dia antes da definitiva escolha que mudará a sua vida ou não, ela é levada a fazer um teste de aptidão cujos resultados em vez de a ajudarem na decisão, confundem-a. Beatrice tem o perigoso poder de uma Divergente, isto é, tem a capacidade de se adaptar a mais do que uma facção.
  No dia da decisão final, a sua escolha surpreende todos até mesmo a própria. Na sua iniciação/adaptação o mundo parecia estar contra ela, mas Tris (mudou de nome) fez de tudo para conseguir passar de fase. Mas ao mesmo tempo apaixona-se por Quatro um dos seus instrutores, contudo o rapaz sabe enervá-la e fasciná-la em questão de segundos.
  Quando descobre que o segredo que tanto a pode ameaçar, é a chave para salvar a tão inovadora e controlada sociedade em que vive, Tris arrisca-se a proteger os seus e isso pode devastá-la.


  Eu confesso que este livro não me foi nenhuma surpresa porque quem me conhece sabe que eu sempre vejo os filmes primeiro, mas gostei bastante da escrita da autora e com certeza vou querer acabar esta saga. 



"O sarcasmo sempre ocorre à custa de terceiros"




04/06/2016

Wishlist | Magui

Olá esquilinhos!!

    Hoje venho falar do top 2+1 bónus da minha wishlist, isto é, os livros que tenho na minha lista de desejos. Como tenho demasiados livros na minha wishlist, fiz a procura para definir 3 dos que mais quero ler.

                                                                                                                                                                                                                                            




                                                                                                                                                                                                                                            

1- Sinopse: "Sebastian Bergman é um homem à deriva. Psicólogo de formação, trabalhava como profiler para a polícia e era um dos grandes especialistas do país em serial killers. Perdeu tudo quando o tsunami no continente indiano lhe levou a mulher e a filha. 
Tudo muda com uma chamada para a polícia. 
Um rapaz de dezasseis anos, Roger Eriksson, desapareceu na cidade de Västerås. Organiza-se uma busca e um grupo de jovens escuteiros faz uma descoberta macabra no meio de um pântano: Roger está morto e falta-lhe o coração. 
É o momento de Sebastian se confrontar com um mundo que conhece demasiado bem. 
O Departamento de Investigação Criminal pede ajuda a Sebastian. Os modos bruscos e revoltados de Sebastian não impedem a investigação de avançar. E as descobertas sobre a escola que Roger frequentava são aterradoras."

2- Este livro ainda se encontra em inglês, logo não coloquei a sinopse.

3- Sinopse: "Um homem fica cego, inexplicavelmente, quando se encontra no seu carro no meio do trânsito. A cegueira alastra como «um rastilho de pólvora». Uma cegueira coletiva. Romance contundente. Saramago a ver mais longe. Personagens sem nome. Um mundo com as contradições da espécie humana. Não se situa em nenhum tempo específico. É um tempo que pode ser ontem, hoje ou amanhã. As ideias a virem ao de cima, sempre na escrita de Saramago. A alegoria. O poder da palavra a abrir os olhos, face ao risco de uma situação terminal generalizada. A arte da escrita ao serviço da preocupação cívica. "



19/05/2016

"Estou nua, e agora?" - Francisco Salgueiro

Oláaa o livro de hoje é... Estou nua, e agora??



Alex sofreu uma desilusão amorosa, ela e a sua melhor amiga decidem ir para a Tailândia onde são assaltadas e ficam apenas com a roupa que tem vestida. Aparece Bobby ajuda-as e incentiva-as a fazer  couchsurfing- ficar em casa de pessoas desconhecidas "hosts"!
Elas só queriam ficar durante o tempo que iam ficar na Tailândia.
Alex começou a gostar do Bobby,  e decidiu que queria fazer couchsurfing, queria visitar todos os continentes.
Veio a Portugal porque tinha um encontro com Bobby, que tinha deixado na Tailândia, e o seu host foi Francisco Salgueiro, o autor do livro. Esteve com o Bobby e depois decidiram fazer couchsurfing dentro de Portugal, beijaram-se!!
Bobby foi embora ia fazer um ano que a sua ex namorada tinha morrido.
Alex estava chateada e decidiu continuar as suas viagens.
Mas passado um ano de ter sofrido uma desilusão amorosa no mesmo sitio encontro o criador do site couchsurfing, ele aconselho-a a ir a casa visitar os pais ela assim fez mas não estava ninguém em casa mas em cima da cama dela estavam postais.
Eram do Bobby... Chorou e tomou uma decisão convidou-o a ir com ela ao último continente que faltava: a Antártida.

" O mundo sem amor é um lugar morto" 

Ora bem pela primeira vez trago um livro que não é romance. Mas apesar de não ser de romance eu fiquei apaixonada pelo livro. Ele é bom, sabem aqueles livros que nos prendem? Este é desse tipo! Adorei